Ministério da Saúde considera utilizar cruzeiros como hospitais para pacientes com Covid-19

Cruzeiros podem ser utilizados como hospitais se a crise com o coronavírus se agravar no Brasil. A medida está sendo considerada pelo Ministério da Saúde (MS). A pasta anunciou que ao menos um navio de cruzeiro deverá funcionar como unidade de saúde para receber pacientes. A primeira embarcação, com mil quartos, deverá ficar atracada no Rio de Janeiro. Segundo o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, não haverá custos para o uso do espaço. Mas as secretarias de Saúde locais terão que fornecer equipamentos e profissionais, conforme reportagem do jornal O Globo. “Temos a possibilidade mais ou menos já assegurada que um cruzeiro com mil quartos ficar funcionando no Rio de Janeiro ou em outro local que determinarmos como hospital”, disse Gabbardo. O secretário não descarta adoção de outras embarcações se for necessário.