Site de notícias acusa ex-prefeito de Santaluz de intimidação ao trabalho da imprensa

Após a publicação de reportagens investigativas do portal Zero Hora News acerca de licitações ocorridas no município de Santaluz, administrada pela prefeita Quitéria Carneiro Araújo (PSD), a popular Quitéria de Júnior, o marido da prefeita, Joselito Carneiro de Araújo (PSD), o popular Júnior do Max, através do aplicativo whatsapp, teria enviado mensagens à redação do Zero Hora News em evidente tom de intimidação ao trabalho da imprensa (ver aqui).

A primeira mensagem de Júnior do Max para a redação teria sido no seguinte tom, “me aguarde” e foi enviada após a equipe de jornalismo publicar a matéria com o seguinte título: “Escândalo: Prefeita de Santaluz homologa licitações de quase R$ 9 milhões de reais para aquisição de peças para veículos e máquinas“. A mesma matéria também foi publicada pelo A Voz do Campo à época. No entanto, a Prefeitura Municipal de Santaluz, respeitosamente, enviou nota de esclarecimento.

Ainda segundo o Zero Hora News, em outro momento, quando a reportagem do site publicou a matéria intitulada,”Suspeito: Prefeita de Santaluz homologa licitação para compra de peças e pneus para motos com mais de 1.100% acima do valor da própria moto“, outra vez o marido da prefeita de Santaluz teria enviado nova mensagem com o seguinte teor, “Pode Aguardar….” e não parou por aí, em seguida teria enviado mais uma mensagem, com os dizeres, “Vai tomar no teu….

Segundo este veículo denunciante, a atitude do marido da prefeita configura uma clara tentativa de intimidar a imprensa e impedir o livre acesso da população a informações de interesse público. “Com a mesma serenidade e coragem de sempre, a equipe do Zero Hora News seguirá cobrindo qualquer matéria que julgar ser de interesse público. Júnior do Max já esteve envolvidos em episódios de intimidação contra a imprensa e também contra cidadãos santaluzenses. O Zero Hora News teve acesso ao Boletim de Ocorrência no qual o senhor Félix José de Jesus Filho relata que foi ameaçado por Júnior do Max através de uma ligação telefônica e em razão da organização de um protesto pacifico que o mesmo era um dos incentivadores”. disseram.

A Voz do Campo tentou contato com Júnior do Max, sem êxito.

Segundo fontes do A Voz do Campo ligadas à situação política em Santaluz, o site Zero Hora seria ligado à oposição política. O site em questão tem sede no sul da Bahia, onde pessoas da oposição tem contratos com a gestão pública.