Redes sociais usam ”cocaína do comportamento” para viciar seus usuários

Facebook, Twitter e Snapchat viciam seus usuários com “cocaína do comportamento”, é o que afirma uma investigação/documentário da BBC chamada Panorama. A BBC afirma que uma fonte interna da indústria confirmou as ações ‘viciantes’ para deixar os usuários engajados com os produtos. Havia definitivamente uma consciência do fato de que o produto era viciante e formador de hábitos Segundo a fonte interna, as redes sociais desenvolvem suas plataformas para promover o comportamento aditivo. Aza Raskin, o cara que inventou o recurso de rolagem infinitas em sites, comentou o seguinte para a BBC: “É como se eles estivessem pegando uma cocaína comportamental e espalhando por toda a sua interface. E isso é o que mantém você voltando e voltando. Por trás da tela do seu telefone, geralmente ou literalmente, há mil engenheiros que trabalharam nisso para tentar torná-lo mais viciante”. Raskin, que já trabalhou na Jawbone e Mozilla, ainda comentou que as empresas de tecnologia realizam testes o tempo todo para descobrir qual a melhor maneira de viciar um usuário — e isso envolve até mexer na cor e na forma do botão “Curtir” do Facebook.