Após referência a Goebbels, secretário de Cultura Roberto Alvim diz que semelhança com discurso nazista foi ‘coincidência retórica’

Depois de divulgar um vídeo que fez referência à fala de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda na Alemanha nazista, o secretário da Cultura, Roberto Alvim, disse que se trata de uma “coincidência retórica”. Em seguida, disse que “a frase em si é perfeita”. Um vídeo de Alvim divulgado pela Secretaria Especial de Cultura repercutiu nas redes sociais e gerou repercussões negativas devido à semelhança com uma fala de Goebbels. Algumas horas depois, o secretário perdeu o cargo, o que foi confirmado por ele mesmo em sua página no Facebook. “Tendo em vista o imenso mal-estar causado por esse lamentável episódio, coloquei imediatamente meu cargo a disposição do Presidente Jair Bolsonaro, com o objetivo de protegê-lo”, escreveu. (BBC)

Imagem: G1