Shopping Barra afasta terceirizados envolvidos em ato de homofobia

O Shopping Barra comunicou, nesta segunda-feira (13), que afastou todos os envolvidos em recente caso de homofobia no banheiro do estabelecimento. No entanto, em nota publicada em rede social do shopping, não foram divulgados quantos funcionários foram afastados. No caso, Jeferson Campos, de 24 anos, denunciou que foi vítima de agressão verbal e física dentro do banheiro do shopping após supostamente interromper uma discussão de cunho homofóbico entre dois seguranças terceirizados. Campos narra que foi encurralado na pia do banheiro quando um segurança pôs os dedos no seu rosto em formato de uma arma e gritou dizendo que ele era um “viado” e “pau no cu”. Jefferson procurou a administração do shopping e ouviu que poderia ter evitado a situação (lembre aqui). Veja nota do shopping barra sobre o caso.