Adolescente é expulso de Posto de Combustíveis por vender geladinhos e revolta a população em Tucano

03/01/2020 10:13 •
Warning: Undefined variable $post in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17

Warning: Attempt to read property "ID" on null in /home/wwavoz/public_html/wp-content/themes/avozdocampo/functions.php on line 17
2m de leitura

Um adolescente de 11 anos é muito conhecido pelas pessoas que transitam pela rodovia BR-116/Norte e passa por Tucano. Sempre que não está na escola ou com a família, ele pega um vazo e um isopor e sai para vender pastéis e geladinho em um Posto de Combustíveis perto de sua casa ou em um entroncamento em Tucano. Seu objetivo, além de ajudar na renda familiar, é comprar seus produtos pessoais e juntar dinheiro. Nesta sexta-feira (03), ele foi o centro de uma polêmica no município. Segundo sua mãe, Evelin Mascarenhas, ele foi retirado de um ônibus onde estava porque os proprietários do Posto de Combustíveis não o queriam como “concorrência” da lanchonete que há no local. “A dona mandou o frentista tirar meu filho de dentro do ônibus e disse que ele e outras pessoas não podem vender nada lá. Ele não vendia na lanchonete. Ele vendia nos ônibus porque as pessoas e os motoristas gostam dele“, disse a mãe. Ainda segundo ela, seu filho chegou em casa bastante abalado e afirmou ter se sentido humilhado com a atitude que tiveram com ele. O site A Voz do Campo recebeu diversas manifestações de leitores de Tucano, que também externaram indignação com a expulsão do adolescente do ônibus. São diversas as manifestações de apoio ao adolescente nas redes sociais. Segundo um leitor, ele é conhecido por ser quieto, carismático, estudioso e trabalhador. “O menino é do bem. Ele vende os lanches porque gosta. Estamos chocados com a forma que estão tirando esse direito dele“, afirmou um leitor.

Leia também